[Resenha] Reegretting You - Colleen Hoover

em 22 de mar. de 2021

Título: Regretting You
Autor: Colleen Hoover
Editora: Montlake Romance
Ano: 2019
Páginas: 365
CompreAmazon 
Classificação: ✮✮✮✮
Sinopse: Um romance comovente sobre família, primeiro amor, tristeza e traição e que tocará o coração de mães e filhas.

Morgan Grant e sua filha de dezesseis anos, Clara, gostariam de nada mais do que não serem parecidas. Morgan está determinada a evitar que sua filha cometa os mesmos erros que ela. Ao engravidar e se casar muito jovem, Morgan colocou seus próprios sonhos em espera. Clara não quer seguir os passos de sua mãe. Sua previsível mãe, não tem um osso espontâneo em seu corpo.

Com personalidades em conflito e objetivos conflitantes, Morgan e Clara acham cada vez mais difícil coexistir. A única pessoa que pode trazer paz para a casa é Chris - o marido de Morgan, o pai de Clara e a âncora da família. Mas essa paz é destruída quando Chris se envolve em um acidente trágico e questionável. As consequências dolorosas e duradouras vão muito além de Morgan e Clara.

Enquanto lutava para reconstruir tudo que caiu ao redor deles, Morgan encontra conforto na última pessoa que ela esperava, e Clara se vira para o menino que ela foi proibida de ver. A cada dia que passa, novos segredos, ressentimentos e mal-entendidos fazem mãe e filha se separarem ainda mais. Tão distantes, pode ser impossível para eles voltarem a ficar juntos.

     Morgan se casou e engravidou enquanto ainda era muito jovem, e agora quer impedir que sua filha Clara cometa os mesmos erros que ela cometeu em sua adolescência. Clara, que tem uma difícil relação com a mãe, não quer seguir os mesmos passos que ela e sonha em ser atriz (algo que sua mãe é contra!) Nessa relação conturbada e cheia de conflitos, o único elo entre as duas e quem consegue manter a paz na casa é: Chris - marido de Morgan e pai de Clara. Mas um trágico acidente tira a vida de Chris, e deixa as duas sem a âncora da família.   

    A perda tem consequências devastadoras para as duas, e Morgan se vê envolvida com o fato de o acidente do marido trazer à tona várias descobertas e acaba encontrando conforto na última pessoa que espera. Já Clara, em plena adolescência, se apaixona por Adam Miller e começa a sair escondida com o garoto, que estava proibida pelos pais de se encontrar.

   Com segredos, ressentimentos e o luto dominando o dia a dia das duas, será que mãe e filha irão conseguir se reaproximar novamente ?


     Difícil falar muita coisa sem dar spoiler, já que a trama começa um pouco devagar e depois que temos o plot twist o livro começa a pegar ritmo e não queremos mais largar. É um livro sobre perdão, segundas chances e família e Coho foi super madura ao escrever sobre o assunto e mexer com nosso sentimento ao descrever uma relação mãe e filha. É uma trama dramática, em que conhecemos o ponto de vista das duas e conseguimos nos colocar no lugar delas e sentir toda a emoção no ambiente. Iremos reviver o passado, sofrer o presente e imaginar um futuro que envolve tanto relações familiares, como também as amorosas.

   Os personagens foram muito bem trabalhados e sofremos com eles a trama toda e com seus sentimentos bem detalhados. Clara é meia insuportável em alguns momentos da trama, mas entende que e é uma adolescente que sofreu uma perda arrebatadora e que ao mesmo tempo está vivendo o primeiro amor. Já Morgan, nos dá vontade de chacoalhar ela em alguns momentos e falar “Mulher do céu, acoooorda” pois desde que ela casou na adolescência, tudo que ela soube fazer foi viver para cuidar do marido e da filha e agora sem Chris para lhe dizer o que fazer ela acaba totalmente perdida, e acaba achando a solução em Jonas, um antigo amigo de adolescência.

   O elenco masculino também é um sucesso: Adam sempre sarcástico e bem-humorado, se torna o porto seguro de Clara. Já Jonas, é uma cara extremamente carinhoso que faz de tudo para que Morgan não se afunde no luto e acaba deixando seus problemas (que são parte fundamental da trama) em segundo plano para dar todo apoio a ela.

  O que me incomodou no livro foram os capítulos extensos, que acabavam ficando cansativos pois não acabavam nunca. A trama é intercalada entre a narração de Clara e Morgan, nos deixando saber os sentimentos de cada uma relação as situações vivenciadas. 

  O livro está em inglês e disponível no Kindle Unlimited. Ainda não há previsão do lançamento no Brasil, mas é uma leitura que eu recomendo. Para quem está começando a ler livros em outras línguas, esse é uma ótima forma de começar pois tem uma tradução fácil.

Já conheciam esse? Coho sempre arrasando

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Topo