[Resenha Nacional] Amálgama - Rubem Fonseca

em 12 de nov. de 2021

Título: Amálgama
Autor: Rubem Fonseca
Editora: Nova Fronteira
Ano: 2021
Páginas: 136
Compre: Play Plus Livros
Classificação: ✮✮✮✮
Sinopse: Em "Amálgama", livro de contos de Rubem Fonseca, residem todos os elementos - o erotismo, a violência, a velocidade narrativa, o clima noir - que consagraram o autor de "Lúcia McCartney". Rubem Fonseca consegue construir uma narrativa que se desenha ao longo dos contos e, ineditamente, das poesias. Personagens e situações unidos pela tristeza, pela dor, pela raiva, pelo fracasso, pela ternura e pelo amor, um verdadeiro amálgama de vidas que se constroem e se destroem num instante. "Amálgama" foi premiado com o Jabuti, na categoria Conto e Crônicas, em 2014.

    Nesse livro de contos de Rubem Fonseca, encontramos elementos de erotismo e violência em personagens que são unidos por diversas situações. Os sentimentos de tristeza, raiva, amor, fracasso e ternura estão presentes em diversas narrativas aos longos dos contos e poesias. Um verdadeiro amálgama de vidas que se constroem e se destroem num instante.


   O que eu mais gosto na escrita do autor é a forma como ele trata dos assuntos cotidianos (ou não) com uma verdade nua e crua, que é jogada para o leitor de uma forma chocante e nos faz refletir sobre diversos pontos da vida. Um mundo tomado pela violência e pelo desejo, faz aflorar o pior lado da índole do ser humano, que fica completamente exposto na leitura com as palavras duras de Rubem Fonseca.

   É um livro fino, com uma leitura que passa rápido. O conto que mais gostei foi sobre o escritor que quer transformar seu livro em um best seller, e o autor usa um humor bem sarcástico para nos mostrar essa resposta. A nova edição está lindíssima, e conta com alguns contos a mais que a antiga.

Livro cedido em parceria com a editora nova fronteira

O autor ganhou com o livro “Amálgama” o prêmio Jabuti, na categoria Conto e Crônicas em 2014.

Nenhum comentário:

Postar um comentário



Topo