[Resenha] Flores Partidas - Karin Slaughter

em 22 de dez. de 2020

Título: Flores Partidas
Autor: Karin Slaughter
Editora: Harper Collins Brasil
Ano: 2017
Páginas: 400
Compre: Amazon
Classificação: 
Sinopse:  Irmãs. Estranhas. Sobreviventes.
Quando Lydia contou para a irmã que o cunhado havia tentado estuprá-la, Claire não acreditou. Dezoito anos depois, porém, tudo o que Claire achava saber sobre o marido se prova uma mentira. Quando vídeos escondidos no computador de Paul mostram uma face terrível do homem que ela julgava conhecer, Claire percebe que o drama de sua família tem muitas camadas, que precisarão ser descobertas antes que a assustadora verdade por fim venha à tona.

     Na trama iremos conhecer Claire e Lydia, duas irmãs que tiveram a vida virada de cabeça para baixo após o sumiço de Julia (a mais velha das irmãs). Anos após o desaparecimento da irmã, elas se veem mais uma vez em um novo conflito que as separam: Lydia conta para a irmã que o cunhado havia tentado estuprá-la, e Claire fica do lado do marido.
     Após dezoito anos sem ter contato com a irmã, Claire descobre vídeos escondidos no computador do marido e percebe que Paul não era o homem que ela acreditava ser. Arrependida, Claire resolve desenterrar todos os segredos do marido e acaba vendo que o drama que os envolve é maior do que imaginava e que uma assustadora verdade está pronta para vir à tona.

 

        Já começo aqui avisando que é um livro pesado, então se você não estiver com um bom psicológico NÃO LEIA. Flores Partidas é um livro único, mas conta com um prequel chamado “A garota dos olhos azuis” que é onde podemos conhecer Julia, a irmã sequestrada que é citada no livro. Eu li o prequel antes e fiquei super curiosa para saber o que aconteceu com ela, e foi assim que me vi obrigada a ler “Flores Partidas”. 
        A trama é narrada em terceira pessoa por Lydia e Claire, e em alguns capítulos temos acesso as cartas que o pai escrevia para Julia (e é muito triste ler as cartas). O desenvolvimento das personagens é extraordinário, e ficamos torcendo junto com elas. O que dificulta a leitura é que o livro é pesado e relata uma violência extrema que as mulheres enfrentam.

    A diagramação ficou muito boa, em páginas amarelas e a leitura fluiu. O que eu comprei vem com uma sobrecapa, diferente da antiga edição em que a capa tinha apenas flores. Eu sempre achei o trabalho da Harper Collins fenomenal, sempre fazendo sucesso nas edições. 

   E se você estiver procurando uma reviravolta, esse não é o indicado. A trama é previsível e desde o começo já imaginamos o enredo, mas serve para nos mostrar como as vezes as pessoas não são quem imaginávamos.

Um comentário:

  1. Gostei bastante do artigo, muito bom mesmo! Estou amando ler seus artigos e compartilhar com os amigos!


    Meu Blog: Gbet Sports

    ResponderExcluir



Topo