[Resenha] Paris para um

em 18 de fev. de 2019

Título: Paris para um
Autora: Jojo Moyes
Editora: Intrínseca
Ano: 2017
Páginas: 240
Compre: AmazonSubmarinoAmericanas
Classificação: 
Sinopse: Com mais de 20 milhões de livros vendidos em todo o mundo, Jojo Moyes se consagrou autora de grandes romances. Arrebatadoras, emocionantes, repletas de personagens fortes e realistas, suas obras conquistaram legiões de fãs e alcançaram listas de mais vendidos em diversos países.

Nessa vibrante coletânea, o leitor poderá conhecer mais um lado da autora. Em histórias curtas e divertidas, Jojo, sem deixar de lado as personagens decididas que conquistaram o público, faz sua conhecida mágica de transformar situações comuns em eventos extraordinários.

No conto que dá título ao livro, a jovem Nell planeja um final de semana romântico em Paris com o namorado e fica sabendo, já na estação, que ele desistiu de acompanhá-la. Sozinha em um país estrangeiro, Nell descobre uma nova versão de si mesma, independente e corajosa. 
Outros contos incluem um assalto a uma joalheria com uma reviravolta amorosa, a história de uma mulher que passa um dia inteiro com os sapatos de outra pessoa e um shopping lotado de pessoas fazendo compras de Natal que vai revelar a uma esposa estressada o que de fato importa na vida. 
E em “Lua de mel em Paris”, que fecha a coletânea, Jojo Moyes brinda os leitores com um reencontro com as personagens do best-seller A garota que você deixou para trás, Liv e Sophie, que, separadas por algumas décadas, acreditam que o casamento é apenas o início de suas histórias de amor.
Dez pequenas amostras da saborosa escrita de Jojo Moyes, divertidas, autênticas e irresistíveis — você vai ler e se encantar.
      Eu sempre vejo comentários super positivos sobre a Jojo Moyes, mas nunca havia parado para ler nenhum livro dela ainda. E comecei minha experiencia lendo "Paris para um", que é um livro com 10 contos rápidos com conteúdo principalmente sobre relacionamentos amorosos. Eu confesso que foi a pior maneira de começar a conhecer a autora, pois eu não são muito fã de contos e algumas das tramas narradas também não me ganharam muito, mas vou contar um pouquinho sobre cada uma para vocês.

Paris para dois um: É o primeiro conto do livro e o mais longuinho. Nele iremos conhecer Nell, uma pessoa metódica e que não gosta de se aventurar, e qualquer alteração em sua rotina a deixa simplesmente apavorada. Disposta a mudar isso ela decide em um ato compulsivo comprar duas passagens para um final de semana romântico com seu namorado em Paris. A viagem tinha tudo para ser perfeita, exceto por um detalhe: o namorado dela não comparece e a deixa sozinha numa cidade que ela não conhece e com uma língua que ela não sabe falar.Eu passei tanta raiva com esse namorado idiota dela que vocês nem fazem ideia! Todos aos redor percebem o quanto Nell é infeliz com ele, menos ela.
Na trama também vamos conhecer Fabien, um escritor em crise que acaba de ser abandonada por sua ex-namorada. O mundo dele e de Nell irá se cruzar, e isto fara a jovem perceber que as vezes perdemos algo só para podermos achar algo muito melhor.



Entre tuítes: Iremos ter como fundo uma agência que gerência a contenção de escândalos de celebridades, e seu atual cliente é acusado por um uma conta do twitter de ter um relacionamento extraconjugal, o qual ele jura que é absoluta mentira.
Esse é bem curto, um final meio estranho mas que acaba mostrando como a internet pode nos afetar.

Tarde de amor: Fala sobre como a rotina, filhos, trabalho e obrigações pode atrapalhar o romance de um casal. E mesmo quando eles tentam fazer algo diferente, pode não dar muito certo.
Bem curtinho também, creio que seja o conto mais realista de todos.

Um pássaro na mão: O conto nos mostra o reencontro de duas pessoas que se amaram no passado, mas cada um seguiu sua vida porém o sentimento continua.
É o que eu menos gostei, curtinho porém me arrastei pois queria que acabasse logo.

Sapatos de couro de crocodilo: Iremos conhecer Sam uma humilde mulher de meia idade, que frequenta uma academia junto com várias madames chiques e que quando sai para ir para o serviço percebe que sua bolsa foi trocada e ela fica com as seguintes opções: ir para uma importante reunião usando tênis de corrida ou usar o sapato caríssimo de salto Louboutin que está na bolsa.
Foi o melhor conto na minha opinião, eu ri demais!

Assalto: A joalheria que Alice trabalha é alvo de um assalto, mas os bandidos não são nem um pouco páreos para ela. Ela termina o dia como heroína e com um namorado.
Pensa num conto doido e surreal?? É esse mesmo, pior que ele acabou sendo engraçado ainda.

O casaco do ano passado: Vamos conhecer Eve, uma mulher que junto com seu marido luta para pagar as contas e sustentar sua casa e suas filhas e com isso acaba tendo de abrir mão de algumas coisas, como um casaco novo que ela deseja muito.
É também um dos contos mais realistas do livro, já que conhecemos muitas mulheres que sacrificam muitas coisas para poderem manter sua família.

Treze dias com John C.: Miranda encontra um celular perdido na rua, ao tentar descobrir o dono acaba trocando mensagens amorosas com John C.
Esse foi o que eu menos gostei, achei sem noção e meio desrespeitoso.

A lista de natal: Chrissie tem uma lista de natal cheia de exigências do marido para cumprir: o perfume impossível de achar que sua sogra deseja e várias outras coisas para poder fazer o gosto da mãe do seu marido. Em toda essa corrida na véspera de natal, ela conhece um taxista que a faz abrir o olho e enxergar coisas que ela deveria ter visto a muito tempo.
Esse foi meu favorito, acho que ela arrasou no final e eu fiqueeeei desejando muito um livro sobre esse conto.

Lua de mel em Paris: É o últimos conto e outro que é mais longuinho. Nele reencontramos Liv e Sophie, as protagonistas de "A garota que você deixou para trás" e vamos descobrir os acontecimentos de suas luas de mel.
Eu gostei bastante deste, mas acho que teria gostado mais se tivesse lido o livro citado.

    Em relação a edição, a Intrínseca arrasou! Os contos tem capas com desenhos relacionados a trama narrada e a diagramação está ótimo e de fácil leitura.
        Se você gosta da autora e de contos, essa é minha dica. Espero que para vocês a leitura seja mais prazerosa do que foi para mim.



Nenhum comentário:

Postar um comentário



Topo